ENTREVISTAS


  • Políticas sociais contra as desigualdades

    Elza Fiúza - ABr

    “A Constituição de 1988 foi um marco na garantia da saúde como direito e um passo importante para a universalização da cidadania, apesar de, passados 26 anos, ainda estarmos em construção”, afirma a pesquisadora do Núcleo de Estudos de Políticas Publicas (NEPP), da Universidade de Campinas (Unicamp). Nesta entrevista, ela lembra que, antes de 1988, existiam apenas as santas casas, os hospitais dos alienados e as instituições filantrópicas. Leia mais

  • Políticas para a infância

    Liliane Penello

    A coordenadora do Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis (EBBS), programa do Ministério da Saúde e da Fundação Oswaldo Cruz, fala nesta entrevista sobre o papel do Estado na atenção básica à primeira infância e sobre a importância da regionalização. "O SUS é uma construção exemplar neste sentido. Mas, é claro, precisamos aprimorar bastante os modos de fazer as práticas diárias do cuidado", afirma. Leia mais

  • O papel do SUS no combate à epidemia de zika

    fotopeter ilicciev OK (25)

    Em entrevista exclusiva para Região e Redes, o presidente da Fundação Oswaldo Cruz afirmou que, dada a capilaridade e complexidade do SUS, o Brasil assumiu o protagonismo no combate ao mosquito transmissor da zika. “Essa experiência com a epidemia zika é fruto de um trabalho coordenado, mas precisamos olhar para a frente porque esse não será o nosso último caso de epidemia", advertiu. Leia mais




INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES