A regionalização e o câncer de mama

Estudo publicado pela revista científica Saúde e Sociedade, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, discute a regionalização da saúde em Minas Gerais, relacionando-a com a assistência aos usuários com câncer de mama dos municípios que compõem a Região Ampliada de Saúde Norte (RAS Norte).

O trabalho mostra que para o melhor controle e tratamento mais efetivo do câncer de mama, faz-se necessário reorganizar a oferta dos serviços em oncologia, descentralizando os tratamentos mais usuais, como os radioterápicos e quimioterápicos, ao nível das regiões de saúde. Com isso, será possível amenizar as dificuldades de acesso ao tratamento, principalmente da população mais pobre.

Por Mônica Oliveira Alves, Sandra Célia Muniz Magalhães e Bertha Andrade Coelho

Leia mais aqui