Balanço crítico

A Revista Ciência e Saúde Coletiva acaba de lançar edição temática sobre o SUS e as políticas de regionalização. O conjunto de artigos publicados apresentam um balanço crítico sobre o movimento de descentralização da gestão da saúde em um momento crucial de implementação do SUS.
Os artigos tratam, entre outros aspectos, das lacunas federativas; dos mecanismos de governança, participação social e capacidade de governo; do financiamento setorial em relação às desigualdades sociais; das assimetrias regionais e do acesso a redes, serviços e medicamentos; e das diferentes dinâmicas e percepções dos atores políticos.

No editorial, a revista destaca o papel do Ministério da Saúde no fomento aos estudos sobre análises políticas e a importância do financiamento de pesquisa setorial para o desenvolvimento do SUS.

Clique aqui