Destaques

Como a atenção primária pode reduzir a desigualdade racial

(Texto publicado originalmente pela Fiocruz) Quase 130 anos após a abolição da escravidão no Brasil, a desigualdade racial continua estruturalmente enraizada no país. O índice de mortalidade por condições sensíveis à atenção primária (mortes evitáveis) é entre 17% e 23% maior em brasileiros que se autodeclaram negros ou pardos. Entretanto, a expansão da atenção primária […] Leia mais

Doenças dos brasileiros

Publicado originalmente pela Abrasco O estudo Global Burden of Disease (GBD), inicialmente coordenado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e, desde 2007, pelo Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (Institute of Health Metrics and Evaluation – IHME) da Universidade de Washington, Estados Unidos, representa um esforço científico sistemático para quantificar a magnitude comparativa da perda de saúde decorrente […] Leia mais

Os prejuízos provocados pela desigualdade

 O epidemiologista britânico Richard Wilkinson mostra em conferência TED os reais efeitos da desigualdade econômica na saúde física e mental de diferentes sociedades. Para ele, desde a Revolução Francesa há uma intuição de que a desigualdade é divisionista e corrosiva. A diferença é que hoje é possível analisar as evidências, comparar sociedades e comprovar os diferentes […] Leia mais

Saúde da Família reduz desigualdade

Publicado originalmente pelo projeto Saúde Amanhã da Fiocruz Quase 130 anos após a abolição da escravidão no Brasil, a desigualdade racial continua estruturalmente enraizada no país. O índice de mortalidade por condições sensíveis à atenção primária (mortes evitáveis) é entre 17% e 23% maior em brasileiros que se autodeclaram negros ou pardos. Entretanto, a expansão […] Leia mais

Pesquisa analisa gastos com medicamentos

Texto publicado originalmente pelo projeto Saúde Amanhã da Fiocruz Dados da Organização Mundial de Saúde apontam que a compra de medicamentos representa uma das principais fontes de despesa para os sistemas públicos de saúde. Para compreender os gastos voltados para a assistência farmacêutica no Brasil, pesquisadores de três instituições, entre elas a Fiocruz, fizeram uma […] Leia mais

A saúde dos brasileiros, novos aspectos

A Revista de Saúde Pública da Universidade de São Paulo publicou um suplemento em que aprofunda a compreensão sobre as doenças crônicas e sua relação com as desigualdades sociais no Brasil. As análises trazem novos aspectos sobre as condições gerais de saúde da população brasileira a partir dos inquéritos: Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) e Vigilância dos […] Leia mais

Descompassos da gestão regional

Diversidade territorial, relações de poder e grande número de atores envolvidos são alguns dos desafios da regionalização da saúde no Brasil apontados na tese de doutorado Gestão regional do SUS nas regiões metropolitanas de Salvador e de Fortaleza: instâncias, processos de pactuação e relações de poder. “Nas regiões metropolitanas estudadas, o financiamento e a influência […] Leia mais

A saúde mental no contexto da regionalização

Há 15 anos era aprovada a lei da Reforma Psiquiátrica Brasileira, que trata dos direitos das pessoas em sofrimento psíquico e da reorientação do modelo assistencial. O estudo A regionalização da saúde mental e os novos desafios da Reforma Psiquiátrica brasileira diz ser notório o potencial indutor de transformações e avanços no cenário assistencial do país ao […] Leia mais

A regionalização e o câncer de mama

Estudo publicado pela revista científica Saúde e Sociedade, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, discute a regionalização da saúde em Minas Gerais, relacionando-a com a assistência aos usuários com câncer de mama dos municípios que compõem a Região Ampliada de Saúde Norte (RAS Norte). O trabalho mostra que para o melhor […] Leia mais

Planejamento regional da saúde

O Decreto nº 7508  têm contribuído para ampliar a capacidade de governança dos pequenos municípios nas regiões de saúde. É o que mostra um estudo de caso publicado pela revista Saúde e Sociedade, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. A legislação, de 28 de junho de 2011, reafirma a regionalização como estratégia […] Leia mais