Proadess lança novos indicadores

Texto publicado originalmente pela Fiocruz

“Maravilhoso!”. Esse foi o adjetivo utilizado pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Nardi, ao final da apresentação feita pelo pesquisador Francisco Viacava e parte de sua equipe (Diego Xavier e Carolina Carvalho) do Projeto de Avaliação do Sistema de Saúde – Proadess, na reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), realizada no último dia 27 de abril, em Brasília.

Os pesquisadores do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), da Fiocruz, mostraram a nova versão do sistema que “produz subsídios para o planejamento de políticas, programas e ações de saúde para gestores de todas as esferas administrativas e dissemina informações sobre o desempenho do SUS”. O sistema também é bastante utilizado por profissionais que estudam e pesquisam o Sistema Único de Saúde. Na reunião, estavam os representantes do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), além de vários secretários municipais e estaduais de Saúde de todo o país.

A equipe do Proadess aprofundou o nível de abrangência territorial, incluindo as 438 regiões de saúde do país. Além das tabelas e gráficos disponíveis para cada um dos 120 indicadores, relativos ao período 2000-2015, também foram disponibilizados no portal mapas temáticos que auxiliam o monitoramento do desempenho no nível das Regiões de Saúde incluindo todos os indicadores. Há também indicadores específicos para avaliar o fluxo de pessoas entre municípios de uma mesma Região de Saúde e entre diferentes Regiões, em três níveis de complexidade distintos (municipal, estadual e federal).

Leia a matéria completa sobre o Proadess aqui