All Posts From Author

webmaster resbr

Este trabalho foi realizado na região Carbonífera/Costa Doce, no estado do Rio Grande do Sul. Foram caracterizados os 19 municípios dessa região de acordo com seus indicadores econômicos e sociais, com o intuito de subsidiar um estudo técnico para implementação de políticas públicas de saúde baseadas no princípio da equidade e eficiência, buscando a diminuição das disparidades regionais.

Artigo de Priscilla Valladares Broca e Márcia de Assunção Ferreira

Realizado de 11 a 15 de abril de 2016 em Cuiabá (MT) e cidades do entorno. No quarto trabalho de campo da pesquisa Região e Redes nossos pesquisadores conheceram Unidades de Saúde, Hospitais, universidade e realizaram entrevistas com profissionais da saúde, representantes da sociedade, gestores e pesquisadores locais e regionais.

Terceiro trabalho de campo da pesquisa Região e Redes, no maior estado brasileiro, especificamente em Manaus, entorno e Alto Rio Negro. A equipe de pesquisadores fez incursões pelas localidades de 29 de fevereiro a 04 de março de 2016 para avaliar o processo de regionalização e conformação das redes de atenção à saúde no Amazonas.

Segundo trabalho de campo da pesquisa Região e Redes, em Pernambuco e na Bahia, realizado de 15 a 20 de novembro de 2015. A equipe da pesquisa fez incursões pela região localizada no divisa entre os dois estados. Além de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) foram visitadas as cidades de Cabrobó (PE), Orocó (PE), Remanso (BA) e Casa Nova (BA).

Primeiro trabalho de campo da pesquisa Região e Redes, realizado na região de Barretos, que engloba as cidades de Altair, Barretos, Bebedouro, Cajobi, Colina, Colômbia, Guaíra, Guaraci, Jaborandi, Monte Azul Paulista, Olímpia, Severínia, Taiaçu, Taiúva, Taquaral, Terra Roxa, Viradouro, Vista Alegre do Alto, no estado de São Paulo.

O livro Regiões de Saúde, diversidade e processo de regionalização em Mato Grosso  acaba de ser lançado pela Hucitec Editora. A coletânea de estudos sobre as políticas de saúde mato-grossense …

Os economistas que ocuparam o Ministério do Planejamento desde a presidência de José Sarney até hoje, com Dilma Rousseff, sempre sabotaram o SUS. Mesmo nos períodos de bonança. Saiba como e por que na entrevista concedida pelo professor da Universidade Federal da Bahia Jairnilson Paim à Pesquisa Região e Redes.

Back