Elaine, a mãezona do extremo-sul

 

Do Conselho Federal de Enfermagem

Dizem que mãe é quem cria, é quem cuida, é quem zela. Quem disse isso provavelmente conheceu Elaine Pinheiro, uma senhora de aparência calma, mas que é implacável no cuidado daqueles que atende em seu consultório de enfermagem. Elaine trabalha com prevenção, diagnóstico, acolhimento e tratamento de pacientes com infecções sexualmente transmissíveis (IST) em Rio Grande (RS). A missão é dura, pois muitas vezes ela tem o dever de dar o delicado diagnóstico de uma pessoa soropositiva. Dedicada, Elaine vai além de um empenho apenas profissional: ela oferece seu tempo para escutar, aconselhar e instruir, não somente aos pacientes em tratamento, como também as famílias. Nessa luta, ela compra briga com quem for preciso para garantir um atendimento mais humano e o acolhimento adequado das famílias e amigos dos pacientes que trata.

Back
Compartilhar

Elaine, a mãezona do extremo-sul