JOSÉ REPULLO

“Para um médico clínico, o importante é o paciente à sua frente. Para o diretor do hospital , o importante é a qualidade dos serviços e também a lista de espera que se acumula. Para o gerente, o pesadelo é como ajustar o orçamento à demanda saturada por serviços. Ninguém parece se importar com as necessidades não atendidas”. A análise é de osé Ramón Repullo Labrador, professor da Escola Nacional de Saúde da Espanha (Instituto de Salud Carlos III).

Back