Avaliação de Programas de Formação Profissional em Saúde: Construção e Validação de Indicadores

RESUMO Este artigo teve como objetivo elaborar um instrumento qualificador visando contribuir para o monitoramento e a avaliação do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família. Foi um estudo avaliativo exploratório desenvolvido em duas fases: a primeira, constituída pela construção e validação de face do modelo lógico e da matriz de indicadores, por meio de análise documental e da técnica de consenso grupo nominal. Essa primeira fase, por sua vez, aconteceu em dois momentos, pré e pós-reunião de consenso, nos quais se procurou validar um modelo lógico e uma matriz de indicadores que refletissem os principais elementos avaliativos do programa. A segunda fase compreendeu a construção do instrumento avaliativo. A partir do grupo de consenso, foram validados um modelo lógico e a matriz de indicadores, o que resultou em 32 indicadores, utilizados para a construção do instrumento avaliativo que se formatou por meio de questionário estruturado. Este questionário foi composto por 35 perguntas avaliativas distribuídas em 19 questões na dimensão gestão do programa; cinco na dimensão estrutura organizacional e 11 na dimensão processo pedagógico. O instrumento elaborado, baseado em protocolo aceito universalmente para esse fim, precisará ser aplicado em pesquisas futuras para completar seu processo de validação.

Clique aqui

Back
Compartilhar

Avaliação de Programas de Formação Profissional em Saúde: Construção e Validação de Indicadores