Marcela, faixa preta da UTI

 

Do Conselho Federal de Enfermagem

A dedicação, esforço e luta de um enfermeiro não se limitam às horas que ele pode passar em um hospital, em um plantão ou em uma clínica. Enfermagem também é sinônimo de muito estudo, ciência e vivências únicas. A história de Marcela Vilarim serve de referência para muitos profissionais e também para todos aqueles que pensam que a enfermagem não tem protagonismo científico na saúde. Mestranda em Segurança do Paciente, a professora universitária também é enfermeira assistencial na UTI de Trauma do Instituto Hospital de Base, em Brasília (DF). Marcela é a prova de que o profissional de enfermagem é, sim, um protagonista de grande peso para a saúde no Brasil.

Back
Compartilhar

Marcela, faixa preta da UTI