Nova edição dos setores censitários do recenseamento 2010 é fundamental para identificar áreas com alta concentração de pobreza ou mal atendidas por políticas públicas

Desenvolvida pela equipe de Transferência de Tecnologia do Centro de Estudos a Metrópole – CEM, a mais recente edição dos setores censitários do recenseamento 2010 para as regiões metropolitanas do Brasil oferece um novo horizonte para as pesquisas sócio-espaciais. Associados a um sistema de informação geográfica, esses dados e arquivos cartográficos dão acesso a um conjunto integrado de informações que torna possível identificar áreas com alta concentração de pobreza ou atendidas insuficientemente por políticas públicas, transformando-se num instrumento fundamental para que a sociedade e o poder público conheçam e atuem nos lugares. Veja aqui.

Back
Compartilhar

Nova edição dos setores censitários do recenseamento 2010 é fundamental para identificar áreas com alta concentração de pobreza ou mal atendidas por políticas públicas